28/09/2019 0 comentários

ESPERA FELIZ

Espera Feliz é um dos sete municípios que compõem as cidades ao entorno da Cordilheira da Serra do Caparaó. Localizada ao sopé da cordilheira, a pequena cidade do interior de Minas Gerais possui em seu tronco de origem uma rica história que se reflete até hoje em sua cultura e hábitos locais.

Durante o século XVIII a serra, ainda inexplorada, foi descoberta pelos contrabandistas de pedras preciosas que rumavam para o litoral capixaba. Na época, a região era chamada pela Coroa de “Zona Proibida”. Só mais tarde, nas primeiras décadas do século seguinte, é que se deu início ao povoamento, com a chegada dos caboclos e estrangeiros colonizando os vales e encostas dos píncaros.

Assim surgiu sua tradição rural. Os primeiros habitantes eram fazendeiros que exploravam as terras com a criação de gado e o cultivo de café. Já o ano de 1910 foi marcado pela construção da estrada ferroviária “The Leopoldina Railway Company”, que fundou uma vila ao redor da estação de trem e lugar onde se iniciou à cidade.

Com importante participação na história nacional, Espera Feliz foi palco da primeira resistência armada contra a ditadura militar no Brasil, através do evento conhecido como “Guerrilha do Caparaó”, em 1966 e 67. Militares desertados e liderados pelo então idealista comunista Leonel Brizola, embrenharam-se nas matas e montanhas da Serra do Caparaó a fim de reproduzir aqui a mesma estratégia que desencadeou a revolução cubana na Sierra Maestra. Mas a operação não chegou a se cumprir e os guerrilheiros foram presos pelo exército poucos meses depois.

O município também é dono de algumas das mais belas riquezas naturais do estado. A área rural é repleta de cenários bucólicos, com paisagens de imensos vales recortados por riachos, pastagens, currais e estradinhas de terra. Entre os grotões, há complexos de cachoeiras com águas límpidas e naturais, que nascem ao pé dos picos e descem esculpindo nas rochas formas e pilões milenares. Um verdadeiro convite ao turismo rural, ecológico e de aventura pelas chapadas, flancos e trilhas rodeadas por mata atlântica e visuais inesquecíveis.

Espera Feliz, cidade das montanhas, das cachoeiras, do fogão a lenha e dos melhores café especiais. Um lugar no cantinho de Minas onde há sempre broa à mesa, uma janela para se olhar e um dedo de prosa nas calçadas. Porque aqui, se vive bem.

Espera Feliz está a leste da Zona da Mata mineira. O município fica em um ponto geograficamente privilegiado, no centro do eixo entre três grandes capitais do sudeste: Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Vitória, com tempo médio de deslocamento de acesso entre quatro (04) e seis (06) horas de viagem.

É predominante o clima tropical de altitude, com temperaturas oscilando entre 12° e 25° C durante as estações do ano. Embora a região seja montanhosa, a primavera e verão possuem temperaturas elevadas, propiciando um clima perfeito para banhos nas inúmeras cachoeiras das encostas. Já a partir do outono até o final do inverno, é quando dura a temporada de visitação ao Parque Nacional do Caparaó. Com temperaturas próximas de zero, a baixa umidade do ar permite um visual magnífico para quem se aventura nas escaladas ao Pico da Bandeira e outras montanhas.

Todo o entorno da serra é abundante em águas, que nascem nas montanhas e formam os córregos e rios da Bacia do Itabapoana. Possui as nascentes dos rios São Domingos, onde está a maioria das cachoeiras, Rio Preto, que faz a divisa dos Estados de Minas e Espírito Santo, e do Rio São João, que corta todo o vale onde se localiza a cidade.

A região da Serra do Caparaó é o resultado de eventos geológicos de milhões de anos. A partir de seus picos principais, várias cordilheiras se desmembram formando contornos geográficos de beleza única, estendendo-se por quilômetros a sul e a norte, caracterizando-se como um dos pontos mais altos do país. Entre as cordilheiras está Espera Feliz, a 748 metros de altitude, no sopé do Monte Feliz e da Serra do Bicudo.

Espera Feliz possui uma extensa área recoberta por florestas de Mata Atlântica, com rica variedade de plantas como jequitibá, orquídeas e bromélias; há também espécies raras de animais como quati, jaguatirica, tucanos e     maritacas.  Com duas grandes Áreas de Preservação Ambiental (APA), a da Vargem Alegre e a do Taboão. Espera Feliz funciona como um corredor ecológico entre o Parque Estadual da Serra do Brigadeiro e o Parque Nacional do Caparaó, tendo o título de recordista brasileiro de Unidades de Conservações.

Segundo a tradição local, conta-se que a cidade recebeu o nome de Espera Feliz por volta das últimas décadas do século XIX, quando os primeiros desbravadores da região começaram a chegar. No mesmo período, uma comissão de engenheiros enviada pelo Governo Imperial de D. Pedro II ficou acampada às margens do rio São João, nas delimitações onde se situa a cidade. Permanecendo ali por determinado tempo, constataram que o local era propício para a caça, assim tendo uma feliz espera pelos animais silvestres que vinham beber água na nascente, onde hoje está construído o monumento da Praça Cira Rosa de Assis.

O PARQUE NACIONAL DO CAPARAÓ, na divisa entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, o Parque Nacional do Caparaó possui uma área de 318 km², dos quais 10% de seu território total são pertencentes ao município de Espera Feliz. Entre as montanhas imponentes da serra, está o Pico do Calçado (pertencente ao Espírito Santo), o Pico do Cristal (pertencente à área que abrange o município) e o Pico da Bandeira, terceiro maior monte brasileiro com 2.892 m. de altitude (seu topo faz a fronteira entre os dois estados).

Boa parte do fluxo turístico pelo acesso de Minas passa por Espera Feliz, com distância de aproximadamente 30 quilômetros da cidade até a portaria da Forquilha do Rio, via estrada-parque. Ao território do município, o Parque oferece trilhas para caminhada que levam às cachoeiras do Aurélio, da Farofa e dos Sete Pilões (todas a mais de 1.900 m de altitude), e à áreas para camping como a Macieira e a Casa Queimada. Suas principais atrações são as escaladas de fácil acesso aos picos, por cerca de 4,5Km (quatro km e meio) de trilhas, e o espetáculo do sol nascendo ou se pondo, que pode ser contemplado lá de cima a 2.892m de altitude, um momento mágico para turistas, montanhistas e amantes da natureza.

A segunda portaria, localizada no município de Alto Caparaó, a 50 km de Espera Feliz, dá acesso a outros pontos de visitação como o Vale Verde, Cachoeira Bonita, mirante da Tronqueira, Vale Encantado, Casa de Pedra, Terreirão e o Pico da Bandeira, através de trilhas com aproximadamente 9 km até o topo.

Todo o Parque é uma espécie de túnel do tempo, pois possibilita aos visitantes a sensação de estarem caminhando e desbravando lugares primitivos e intocados pelo homem, com rochas e cumes íngremes esculpidos pela natureza e que mudaram muito pouco desde o primórdio dos tempos.

O Parque Nacional do Caparaó é reconhecidamente hoje como uma das grandes riquezas que o Brasil por ser uma das maiores áreas de preservação de Mata Atlântica preservada

VALE A PENA CONHECER ESPERA FELIZ

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM ESPERA FELIZ.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório