03/09/2019 0 comentários

NOVO PROGRESSO - PARÁ

O surgimento de Novo Progresso se deve a construção da rodovia Santarém - Cuiabá, que em 1973, rasgou e desmatou a floresta amazônica. Em 1983, já se percebia um pequeno povoado, com uma igreja e um campo de futebol.

O ano de 1984 representou a mudança total na economia do lugar, com a descoberta de uma grande jazida de ouro, atraindo milhares de pessoas à localidade. Nessa época o povoado chamava-se Progresso. Surfurino Ribeiro promoveu venda de lotes, sendo que o primeiro foi vendido para Antônio Reginaldo Araújo, que ergueu um bar e restaurante, atendendo ônibus e viajantes, com alimentos e camas para dormir. Situada às margens da rodovia BR-163, no antigo km 1085 desta rodovia, está a sede do município de Novo Progresso. Está distante 1.639 km da capital do estado.

O clima é quente e úmido (equatorial) com temperatura média anual variando de 25º a 28 °C. Apresenta pluviosidade média de 2.200 mm. As temperaturas mais elevadas ocorrem entre os meses de agosto a dezembro e o período de maior precipitação pluviométrica é entre novembro e abril.

O acesso a cidade se dá através da Rodovia Santarém-Cuiabá (BR-163), sendo a divisa do município com o estado de Mato Grosso a 367 km a Sul e a Norte a 79 km com o povoado de Moraes Almeida, localizado no município de Itaituba, PA.

Com um complexo de várias quedas d'água, Cachoeiras do Rio Curuá sendo que uma delas chega a ultrapassar 80 metros de altura. Um verdadeiro espetáculo da natureza e de acesso extremamente fácil. Quem viaja a Novo Progresso saindo do estado do Mato Grosso passa por elas. Estão localizadas bem às margens da Rodovia CUIABÁ-SANTARÉM (BR-163), na Serra do Cachimbo, a 210 km da cidade. Na localidade há um hotel e um restaurante; uma pequena estrutura, mas que pode atender bem os turistas, existe hoje o interesse de um grupo empresarial suíço com o objetivo de construir um hotel de selva próximo as cachoeiras.

O Rio Jamanxim passa bem próximo da cidade, a cerca de 4 quilômetros do centro comercial. Nessa localidade há um balneário, A Prainha, onde banhistas se divertem com as águas do rio. A utilização do balneário ocorre apenas no período da seca, entre junho e outubro, pois nos meses seguintes o rio tem seu nível aumentado, o que proporciona a não-utilização do local.

O Balneário do Bambu, balneário tem este nome devido ao grande número de bambuzais, que antes existiam e agora são apenas três. No local encontra-se um conjunto de piscinas naturais, formadas com a construção de represas. O local é também muito conhecido como Cachoeira do Bambu.
Fica a cerca de 4 quilômetros da BR-163. O Campeonato Paraense de Marcas e Turismo - Velocidade na terra ocorre no balneário; as etapas são realizadas mensalmente atraindo grande público. A estrutura é bem diversificada: além do autódromo, conta com uma quadra de Futebol de areia - Beach Soccer, uma quadra de areia para Vôlei de praia, além de um campo de futebol Society ainda não concluído e um salão para festas.

Em termos gerais, Novo Progresso é o único centro de serviços na região, pois tanto Itaituba quanto Guarantã, municípios que ficam a quase 400 quilômetros de distância, além de diversas vilas, comunidades e distritos que ficam de certa forma isolados, buscam auxílio na localidade.

Atualmente a estrutura da cidade apresenta melhorias. Desde 2006, todos os bairros contam com sistema de distribuição de água, administrado pela empresa Águas de Novo Progresso. A coleta de lixo é feita frequentemente, mas a cidade não conta com sistema de esgoto e nem possui aterro sanitário.

A cidade possui agências do Banco do Brasil, Banco da Amazônia, Bradesco, Banpará e Sicredi, além de duas Casa Lotérica, que representa a Caixa Econômica Federal. Também há postos de atendimento expresso, tanto pelo Bradesco como pelo Banco do Brasil, espalhados pela cidade. Os Correios também estão presentes, assim como um escritório da Celpa e um posto de atendimento da Oi. O Fórum representa no município o Poder Judiciário e a Justiça Eleitoral. A cidade possui ainda o Cartório e outras entidades como a Receita Federal, JUCEPA, Adepará, SEFA e a Emater.

Serve também como ponto de ligação através dos transportes terrestres interurbanos, pois localiza-se centralizada mente, sendo servido pelas empresas interestaduais Real Norte, Satélite, Viação Ouro e Prata, Viação Medianeira além da Viação Tapajós. No Terminal Rodoviário também são encontradas empresas que seguem para comunidades e regiões de exploração minerais; as principais são Thomas Tur e Estrela da Manhã. A estrutura do aeroporto é moderada, contando com a presença da ASTA Linhas Aéreas.

VALE A PENA CONHECER NOVO PROGRESSO!

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM NOVO PROGRESSO.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório