16/09/2019 0 comentários

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

Só o nome já desperta curiosidade: São Miguel do Gostoso. Sua localização também é peculiar, já que a cidade está situada “virando a esquina” no mapa do Brasil, a pouco mais de 100 km de Natal e no início da porção mais ao norte do litoral do estado. Seus bons ventos foram os impulsionadores do turismo na região, tanto que praticantes de esportes como kitesurf e windsurfe foram os primeiros a se estabelecer aqui.

Mas não precisa ter especial interesse em atividades como essa para passar uns dias em São Miguel do Gostoso. A cidade de pouco mais de 10 mil habitantes surpreendentemente ainda não foi descoberta pelo turismo massificado. Em função de suas praias possuírem infraestrutura básica e ainda guardarem ares de lugar deserto, em São Miguel do Gostoso é indicada para quem está em busca de sossego diante do mar.

A curta distância entre Natal e São Miguel do Gostoso já funciona como um incentivo a mais para a viagem – apenas 110 km separam as duas cidades. Assim, o mais indicado é comprar passagens aéreas para Natal e de lá seguir viagem. Se a ideia for alugar um carro em Natal, o percurso pelo excelente trecho da BR-101 levará 1h30 para ser percorrido.

Se o motivo principal da viagem é aproveitar os ventos para a prática de esportes, a melhor época para vir a São Miguel do Gostoso é entre setembro e março. Se a intenção é apenas curtir as praias e usufruir do mais puro sossego, é possível vir praticamente o ano todo. Os meses de chuva aqui costumam ser entre março e junho, mas nada que chegue a causar preocupação como em outros destinos do Nordeste.

Em São Miguel do Gostoso, no perímetro urbano, não são permitidos quiosques à beira-mar, tampouco a circulação de carros – combinação que resulta em muita tranquilidade. O que todas as praias têm em comum são a extensa faixa de areia e a presença dos ventos. As praias mais próximas podem ser percorridas a pé, já que são em linha reta e funcionam como extensão uma da outra. Caminhar não parece uma boa ideia? Alugue uma bicicleta ou um quadriciclo e se aventure explorando a região!

A Ponta de Santo Cristo, na extremidade leste, é a meca dos praticantes de kitesurf e windsurfe, graças aos bons ventos que aqui sopram. Para os não adeptos do esporte, cabe curtir a praia para caminhar. Na sequência estão a Praia do Cardeiro e a Praia da Xêpa, as duas mais próximas do centrinho da cidade, que, nos fins de tarde, viram cenário de jogos de tênis e de vôlei. Esse é o panorama encontrado também na Praia do Maceió, a última das praias urbanas de São Miguel.

A praia mais bonita da região, no extremo oeste de São Miguel do Gostoso, atende pelo nome de Praia de Tourinhos. O jeito mais tradicional de chegar é de bug, integrando algum passeio oferecido pelas agências locais, ou, então, em quadriciclos. A incrível formação rochosa de dunas petrificadas, o gostoso banho de mar e o belíssimo pôr do sol aqui avistado ajudam a explicar a fama do lugar.

Há quem diga que o primeiro ponto onde os portugueses atracaram no Brasil foi no Rio Grande do Norte, na Praia do Marco. Verdade ou não, foi aqui, em 1501, que os colonizadores ergueram o primeiro marco no país. A história serve mesmo como curiosidade, já que o monumento atual é uma réplica, e o que motiva a vinda é mesmo a beleza da praia.

Vale a Pena Visitar São Miguel do Gostoso!

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM SÃO MIGUEL DO GOSTOSO.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório