12/09/2019 0 comentários

GRAVATÁ

Gravatá é uma cidade que fica localiza no agreste Pernambucano, com o clima agradável girando em torno dos 22 graus, a cidade é carinhosamente conhecida como a Suíça Pernambucana.

Para quem aprecia o ecoturismo e o turismo rural Gravatá e uma excelente opção, com inúmeros cartões postais, várias opções de passeios e trilhas a cidade acolhe muito bem os seus visitantes e turistas.

Gravatá fica situada em um dos pontos mais belos de Pernambuco, no Planalto da Borborema, uma localidade conhecida como a Serra das Russas, por estar a uma grande altitude a cidade ganha um clima de serra com aquele friozinho bastante agradável.

Gravatá fica a uma distância de aproximadamente 84 km de Recife e seu trajeto é bem simples, com o acesso muito bem conservado em uma pista duplicada, durante o trajeto o visitante pode observar uma linda paisagem.

Gastronomia
A Gastronomia de Gravatá é típica de uma cidade do interior, porém por conta de seu clima existe uma grande variação, entre os mais famosos estão o chocolate quente e o famoso fundi.

É em Gravatá que podemos apreciar uma das mais gostosas coxinhas do Brasil, o Restaurante O Rei das Coxinhas é muito famoso e se tornou uma parada obrigatória para quem visita Gravatá.

Atrações Turísticas em Gravatá

Alto do Cruzeiro
No centro da cidade situa-se o Alto do Cruzeiro, ali se encontra a Capela do Cristo Rei e a estátua do Cristo Redentor, inaugurada o 1 de janeiro de 1900 para receber o novo século. O seu acesso pode ser de carro, ou pelos 365 degraus cimentados da chamada Escada da Felicidade. Lá encima pode-se apreciar uma charmosa vista panorâmica do município e seu belo pôr-do-sol, além de desfrutar da gastronomia nos seus bares e restaurantes.

Trilha da Serra do Contente
A Trilha da Serra do Contente localiza-se dentro de uma reserva de Mata Atlântica, com uma extensão de aproximadamente 1,5km. O percorrido está composto de paredões, lagos, bicas, árvores centenárias, mirantes, grutas e fauna local. Entre as atividades que podem-se realizar na Reserva Serra do Contente destacamos o trekking com dificuldade moderada e a contemplação da natureza percorrendo as trilhas. A Serra do Contente tem Taxa de preservação ambiental e tem banheiros.

Cachoeira da Palmeira
A 17km do centro da cidade de Gravatá encontra-se a Cachoeira da Palmeira, no Sítio das Palmeiras. Está composta por bicas, piscinas naturais e três quedas d´água cristalina aptas para pegar banho. A cachoeira, contornada de vegetação remanescente de Mata Atlântica, tem aproximadamente 20m de altura. Para acessar ao local tem que efetuar o pagamento de taxa. O Sítio possui banheiros. No local também se pratica o turismo rural.

Cachoeira do Tio
A Cachoeira do Tio, localizada no Sítio do Tio, É uma queda d’ água com perto de 27 metros de altura, dividida em dois estágios, ideal para a prática de turismo aventura, ali pode-se desfrutar da paisagem percorrendo o Sítio através de uma trilha onde pode-se fazer trekking moderado para pessoas com boa atitude física, e cascading desfrutando quedas d´ água, vegetação de Mata Atlântica e observando espécies como bromeliáceas, Orquidáceas e jaqueiras. Possui Taxa de Preservação Ambiental.

Pedra Branca
Pedra Branca localiza-se no Sítio Pedra Branca, é um afloramento rochoso com perto de 75m de altura. A pedra é chamada de Pedra Branca porque possui uma encosta esbranquiçada. É um local ótimo para a prática de esportes radicais, entre elos o montanhismo, rapel e a escalada, assim como também o para a prática do ecoturismo. Tem visual panorâmico e também pode-se acampar. Possui Taxa de preservação ambiental.

Estrada de Ferro e Túneis Ferroviários
Uma obra maravilhosa da engenharia inglesa, sua construção durou desde o ano 1881 até o 1891, um dos túneis tem uma extensão de 259 metros. O Trem do Forró foi o último em atravessar a estrada de ferro, que foi inutilizada pelas chuvas no ano 1999, então foi que esse trem começou a percorrer a linha Curado-Cabo, última ferrovia convencional de passageiros de Pernambuco ainda em funcionamento. Hoje ao dia nas escarpas do Planalto da Borborema, chamado de Serra das Ruças são realizados os roteiros turísticos, fazendo o mesmo percorrido que faziam os trens da antiga Estrada de Ferro, podem-se percorrer 02 ou 12 túneis, e 02 ou 06 pontes. A trilha dos túneis e feita a pé, são perto de 2,5km percorrendo trechos de dormentes e trilhos. Damos destaque para o Ponte Cascavel de aproximadamente 50 metros de altura, onde é frequente a prática de rapel, e o Túnel Perdido.

Ponte Ferroviária Cascavel
Com perto de 50 metros de altura, a Ponte Cascavel foi construída pelos ingleses no início do século XIX, hoje ao dia está desativada, más é bem aproveitada pelos aventureiros que visitam a ponte para fazer rapel.

Trilhas Equestres
Para apreciar a natureza bem de perto o município de Gravatá criou sete trilhas de cavalgadas, sendo uma iniciativa pioneira no Nordeste. Tem trilhas com diferentes graus de dificuldade, todas elas são sinalizadas, aptas para principiantes e crianças com total segurança. Algumas delas podem ser percorridas na noite.

Rapel.
Para quem quer aventura, na Ponte Cascavel pode praticar rapel. Adrenalina pura descendo 50 metros de altura e desfrutando de um maravilhoso visual das serras. E na Pedra do Vale das Nuvens, localizada na Zona Rural de Gravatá, pode-se praticar rapel positivo a 30 metros de altura.

Vale a Pena Visitar Gravatá!
VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM GRAVATÁ.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório