11/09/2019 0 comentários

POMBAL

Pombal é uma das cidades mais antigas da Paraíba, e é a segunda maior cidade paraibana em tamanho territorial. Tem uma taxa de crescimento anual de 1,86%, possui o 15º maior IDH da Paraíba, e a expectativa de vida no município é em média 66,2 anos. A economia é dominada pela agricultura, comércio interno e algumas fábricas.

Está localizada a uma altitude de 184 metros. De acordo com o IBGE no ano de 2010 sua população era estimada em 32.443 habitantes. Segundo o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgado em 2013, o IDHM da cidade esta em 0,634 o que é considerado um IDHM de médio desenvolvimento humano, levando-se em consideração de que o IDH dos municípios varia de 0 a 1, quanto mais próximo de zero, pior o desenvolvimento humano; quanto mais próximo de um, melhor.

Foi fundada no fim do século XVII, sendo elevada a vila em 1766 e em 1862 elevou-se a cidade. O município destaca-se pela bela arquitetura de seu centro histórico. Foi uma das primeiras civilizações da região, junto com Piancó.

POMBAL é uma bela cidade sertaneja, com sua beleza natural, pela quietude nas ruas, pelo leito do Rio Piancó que a tantos tem matado a sede, como também pelos seus banhos aos domingos e feriados.

Embora pequena, a cidade de POMBAL a todos acolhe, sem distinção de cor, ficando assim lembrada para sempre a lembrança imorredoura a todos que aqui passam, levando sempre aquele desejo imenso de voltar a esta cidade cordial e sempre aberta a todos que aqui vem. A Esta cidade do sertão Paraibano.

Anualmente, duas festas se destacam na cidade, o Pombal Fest, que ocorre sempre no mês de julho, em comemoração ao aniversário da cidade, em formato de carnaval fora de época. E a Festa do Rosário, que ocorre em outubro, sempre nas primeiras semanas do mês, estendendo-se aproximadamente até o dia das crianças.

O Pombal Fest é um evento que ocorre anualmente no mês de julho no aniversário da cidade de Pombal, no estado da Paraíba, desde 2001 e apesar do pouco tempo de existência, o evento é considerado o maior carnaval fora de época do sertão paraibano. Em 2009, o bloco pina cria a Vila Pina para poder ter o direito das atrações ficarem até de manhã tocando.

O acervo patrimonial é muito variado, de aspecto especialmente etnográfico, com uma vocação de cultura sertaneja. As coleções do Museu da Casa da Cultura são de temática essencialmente etnográfica, com forte ligação às atividades tradicionais do sertão e do sertanejo, ligadas à agricultura, religião, ao cotidiano, ao equipamento doméstico e aos ofícios antigos. Além das coleções etnográficas citadas, no museu existem coleções de rádios, artesanato, fotografias antigas e recentes, jornais antigos, documentos relativos à cidade de Pombal, livros e documentos de escritores pombalenses, como por exemplo, Celso Furtado, vestuário dos grupos folclórico e dos párocos, armaria e outros.

VALE A PENA CONHECER POMBAL

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM POMBAL.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório