11/09/2019 0 comentários

CODÓ

A cidade de Codó recebeu este nome porque naquela região havia codornas em abundância. Com o passar do tempo, Codó foi elevado à categoria de vila por meio de Resolução Régia.  No Turismo, o carnaval da cidade é a principal festa. As festividades se iniciam uma semana antes da data oficial, atraindo pessoas de todas as cidades vizinhas, principalmente Teresina e São Luís. Codó possui um carnaval bem animado e sem violência. A cidade também conta com vários carnavais fora de época estando entre os principais: Micarecodó, Codó Folia e o famoso Cornofolia.  A cidade de Codó é conhecida como a terra da macumba, meca da feitiçaria, ou capital da magia, pois contam que os terreiros existiam mesmo antes da sua fundação, e que Codó teria sido fundada por praticantes de cultos afro-brasileiros. É em Codó que mora Bita do Barão, o mais famoso pai-de-santo do Brasil, muito solicitado por empresários e políticos, não só do Piauí e do Maranhão, mas de todo o Brasil. Durante todo o ano, “romeiros” desembarcam em Teresina e seguem rumo a Codó, para conhecerem a capital da feitiçaria e trocarem experiências com os pais-de-santo locais. Do mesmo modo que em Teresina, toda a manifestação umbandística é conhecida como Terecô. Codó está localizado a 300 km de São Luís. A cidade foi um dos grandes produtores de algodão do período colonial, participando ativamente do processo de industrialização do estado no setor têxtil. Codó é cortada por vários córregos como o da Água Fria e por três rios principais que são o Codozinho, o Saco e o Itapecuru.

VALE A PENA CONHECER CODÓ

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM CODÓ.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório