07/09/2019 0 comentários

VIÇOSA

O hoje município de Viçosa surgiu em terras que foram habitadas por índios caambembes, subtribo dos caetés. A palavra caambembe, segundo Alfredo Brandão, é uma corruptela de caamemby, vocábulo indígena que significa, literalmente, mato de gaitas ou de flautas.

Após a morte do primeiro bispo do Brasil, os caetés foram duramente perseguidos pelas forças de Jerônimo de Albuquerque. Os vencedores, na sua vingança, mostraram-se mais selvagens do que os próprios índios. Os poucos caetés que escaparam, se deslocaram para o sertão.

A presença dos quilombos nos vales do Paraíba e do Mundaú se estendia desde a cabeceira destes rios até poucas léguas de distância das lagoas, e estendendo-se para o norte, ao longo do cordão de “matas bravias”, ocupava uma região que ficava além dos atuais limites com Pernambuco.

Os pontos de maior concentração dos mocambos eram onde as matas eram mais férteis, ricas em palmeiras e caças, além de criarem barreiras naturais que dificultassem o acesso. Em Alagoas, as matas de União dos Palmares e Viçosa apresentavam condições ideais para quem fugia dos engenhos da capitania.

No povoado Bananal e sítios adjacentes, Anel e também nas fazendas Bom Sucesso, Mata Limpa e Floresta, já em Chã Preta, foram localizados vestígios dos quilombolas, tais como armadilhas para caça, bananeirais, canaviais e outras plantações.

Os mocambos de Andalaquituche, Osenga e Sabalangá também foram identificados como locais que comprovam a existência de quilombos. Vencidos os negros, seus domínios foram distribuídos aos vencedores pelo Rei de Portugal. Grande parte das terras de Viçosa coube ao capitão André Furtado de Mendonça, um dos cabos-de-guerra do paulista Domingos Jorge Velho.

Alguns negros que durante a luta tinham desertado para as fileiras paulistas foram perdoados e continuaram a viver livremente nos mesmos locais.

VALE A PENA CONHECER VIÇOSA

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM VIÇOSA.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório