18/09/2019 0 comentários

BONITO

Pensando em ir para Bonito? Posso te garantir que essa é uma das decisões mais acertadas da sua vida de viajante! Prepare-se para contemplar uma beleza única e ficar de queixo caído com o show da natureza por aqui: são rios de água cristalina, cachoeiras, grutas, vida selvagem… animou? Vem conferir tudo o que fazer em Bonito MS nesse guia completíssimo que preparamos para você.

A cidade de Bonito está localizada em uma região privilegiada do Mato Grosso do Sul. Qualquer viagem para Bonito será sempre marcada pelo contato intenso e diário com a natureza, melhor impossível!

E se você já ouviu falar que uma viagem para Bonito não é barata. Muito disso se justifica pela conservação ambiental e pelo controle turístico que acontece por lá. Politicagens à parte, Bonito é um dos pouquíssimos destinos no Brasil onde esse cuidado é evidente – e dá muito gosto visitar um lugar assim!

Localizado no estado do Mato Grosso do Sul, Bonito fica a 300 km da capital Campo Grande, a 280 km de Dourados e a 100 km do Pantanal. A cidade de Bonito tem tanta atração para curtir que fica até difícil escolher quais passeios priorizar. São grutas, rios cristalinos, cachoeiras, balneários… é uma variedade de deixar qualquer um perdido! Mesmo porque são todos lindos e diferentes uns dos outros.

A boa notícia é que não importa muito qual seja sua escolha, qualquer atrativo em Bonito é maravilhoso! Mas antes de falar dos passeios em si, vamos destacar algo importante: como visitar os pontos turísticos de Bonito.

Uma coisa é certa: para reservar qualquer passeio é necessário fechar com agência. Todos os passeios são, obrigatoriamente, comercializados por agências. Nada de chegar direto no atrativo para visitar, porque não é assim que funciona. Uma viagem para Bonito requer planejamento. E detalhe importante: todas as agências trabalham com preços tabelados. Portanto, não adianta pechinchar porque o que vai diferenciar uma agência da outra é somente o atendimento.

Outro fato: se você queria fazer um passeio, mas as vagas estão esgotadas, não adianta procurar em outra agência. Todas elas usam um sistema eletrônico integrado para agendamento dos tours. Se já estiver lotado, é porque não tem jeito mesmo. Por isso tem que fechar os passeios que você mais quer fazer com antecedência: a recomendação é de uns 3 meses antes da viagem.

Para você não ficar perdido e para facilitar seu entendimento nas dezenas de opções, dividimos os atrativos de Bonito em categorias. Ao final desse descritivo, damos nossa sugestão de quais passeios escolher e assim você pode escolher tudo o que fazer em Bonito.

Flutuações, os passeios que envolvem flutuação são os mais procurados pelos turistas que visitam Bonito. A atividade é diferente do mergulho, já que na flutuação você fica o tempo todo na superfície boiando mesmo (com ajuda de colete e roupa de neo prene). Também não é permitido fazer movimentos bruscos para não espantar os peixes nem levantar sedimentos do fundo.

Cada atrativo oferece um tipo de flutuação diferente. Alguns incluem caminhada por trilha, em outros é necessário percorrer um trecho de barco, que permite ir remando e curtindo o visual. A visibilidade é sempre muito boa, a tonalidade da água pode variar de verde esmeralda (Rio Formoso) até um azul profundo (Lagoa Misteriosa). As águas são muito transparentes mesmo, sendo o Rio Sucuri considerado o terceiro rio mais cristalino do mundo. Dá pra entender por que esse passeio é imperdível? Voce pode fazer Flutuação em Rio da Prata, Lagoa Misteriosa, Abismo Anhumas, Barra do Sucuri, Nascente Azul, Aquário Natural, Rio Sucuri e Rio Formoso.

Vale a pena também visitar pelo menos uma gruta é item indispensável da sua lista com o que fazer em Bonito. É um passeio que envolve mais contemplação e menos aventura, e garanto que é impossível não se encantar com a beleza das grutas.

Com formação de milhares de anos, as grutas de Bonito têm um visual surreal. As Grutas de São Miguel são perfeitas para observar as formações de calcário, chamadas de estalagmites (vindas do chão) e estalactites (pendentes no teto). Já o diferencial da Gruta do Lago Azul é justamente sua água: vale dizer que, apesar de ter um azul muito convidativo, ali não é permitido o mergulho.
Veja as grutas para visitar, Gruta do Lago Azul e Grutas de São Miguel

Bonito é o sonho de consumo de qualquer mergulhador. Seja pela formação de calcário, seja pelas águas cristalinas, Bonito é um dos melhores destinos no Brasil para a prática de mergulho. A região possui vários pontos de mergulho, um mais lindo do que o outro. Os mais famosos e diferentes são o Abismo Anhumas e a Lagoa Misteriosa. São estilos de mergulho completamente distintos, mas igualmente maravilhosos! Há outros pontos de mergulho. São eles, Abismo Anhumas, Lagoa Misteriosa, Rio da Prata e Rio Formoso.

Cachoeira é o que não falta em Bonito e a maioria possui água bem cristalina, de encantar qualquer um. Para acessar as cachoeiras quase sempre é preciso fazer uma trilha, mas a grande maioria tem fácil acesso. A maioria também está liberada para o banho, seja nas quedas d’água ou nas piscinas naturais. Algumas localidades incluem outras atividades junto com a visita à cachoeira: tem trilhas, balneários, passeios de bote, caiaque, stand-up paddle… a lista é grande. Muitos desses lugares oferecem estrutura com almoço/ lanche, então dá para dedicar tranquilamente um dia inteiro para curtir as cachoeiras.
Veja algumas cachoeiras que vale a pena serem visitadas, Cachoeiras Serra da Bodoquena, Boca da Onça, Estância Mimosa, Parque das Cachoeiras, Cachoeiras Rio do Peixe, Cachoeiras Porto da Ilha e Ceita Corê.

A região de Bonito é cheia de Balneários, com áreas de lazer que proporcionam um belo mergulho com peixes. E há ótimas opções por lá e passar um dia em um desses balneários pode sim ser uma boa pedida!
Indicamos o Balneário Municipal, Balneário do Sol, Balneário Ilha Bonita e Praia da Figueira.

Como se todas essas atrações acima já não fossem o suficiente para te deixar bem entretido, ainda tem muito mais o que fazer em Bonito. Dá uma olhada:

Rapel, para quem não tem medo de altura e quer uma dose de aventura, por que não encarar um rapel? Há duas opções para quem quiser fazer rapel em Bonito: no Abismo Anhumas e no Boca da Onça. Quem quiser fazer flutuação no Abismo Anhumas, não terá como fugir do rapel: esse é o único modo de entrar na caverna, descendo 72 metros até chegar no nível da água. Já no Boca da Onça você encara o maior rapel de plataforma do Brasil: são 90 metros de descida, com direito a banho de cachoeira no final.

Arvorismo, o Passeio de Arvorismo fica dentro do hotel Cabanas. É um circuito de 300 metros de extensão, chegando a até 15 metros do chão. Vários obstáculos e 2 tirolesas, sendo que a última é caindo no Rio Formoso. Nós fizemos e achamos bem gostoso!

Quadriciclo, os passeios de quadriciclo podem ser realizados em quadriciclos individuais ou duplos. O passeio leva em torno de uma hora, onde a gente percorre uma trilha cheia de obstáculos. É um passeio divertido e há duas opções em Bonito: Rota Zagaia e Trilha Boiadeira. O segundo é mais “radical” e tem opção de passeio noturno, que dá um adicional de adrenalina no passeio.

Boia cross, passeio de bote e Stand Up Paddle, tem coisa mais gostosa do que se recostar numa boia e deixar a correnteza do rio te levar?  Ou um passeio de bote com algumas quedas d’água? E passear pelo rio praticando o Stand Up Paddle? Alguns lugares oferecem essas atividades entre um mergulho e outro. Os lugares que indicamos para essas aventuras em Bonito são: Cabanas, Parque Ecológico Rio Formoso e Ecopark Porto da Ilha.

Buraco das Araras, o passeio no Buraco das Araras é bem contemplativo. Você faz uma caminhada de 970 metros ao redor de uma formação geológica e, durante o percurso, vai fazendo paradas em mirantes.
Um dos atrativos que mais chama atenção ali é uma lagoa linda de água esverdeada, que fica no buraco da formação geológica. O lugar é rodeado por uma natureza incrível e no lago vivem jacarés, tatus, cutias, lobos e mais de 150 espécies de aves. Prepare-se para avistar muitos tucanos e araras por ali!

Indicamos escolher pelo menos um passeio de cada categoria acima. Caso seja muita coisa pra você, a prioridade deve ser os passeios de “flutuação”, “gruta” e “cachoeira”. E se você é mergulhador, a categoria “mergulho” já deve estar na lista de prioridades também! Claro que, havendo tempo, disponibilidade e interesse, vale escolher o máximo de passeios. Porque deixando bem claro, todos os pontos turísticos de Bonito são lindos e diferentes um do outro, mesmo estando na mesma categoria! Por exemplo: a flutuação/mergulho no Abismo Anhumas é completamente diferente da flutuação/ mergulho na Lagoa Misteriosa.

Não faltam opções de hospedagem em Bonito. Se você estiver sem carro, pode ser mais prático se hospedar no centro e estar perto dos restaurantes e do comércio. Porém, ficar no centro não é fator importante para os passeios, já que todos ficam distantes. Você vai precisar fechar um transporte de qualquer forma para os tours. Agora se você estiver com carro, terá mais liberdade para escolher qualquer região para se hospedar.  Pode optar por hospedagem no centro ou em áreas mais afastadas. O mais importante é encontrar um lugar gostoso para relaxar depois de curtir os passeios.

No final veja os que indicamos para você nesta aventura!

Quem pretende voar para chegar ao destino tem duas opções. A primeira é voar até Bonito, sendo que os voos até lá são bem caros e só a cia Azul voa para lá. A distância do aeroporto de Bonito até o centro são de 15km, que podem ser feitos com um transfer ou com um carro alugado. A outra opção é o que a maioria dos viajantes faz: voar até Campo Grande e, de lá, seguir pela estrada até Bonito.

Do aeroporto de Campo Grande até Bonito são 300 km de distância, leva-se em torno de 4 horas no deslocamento. Você pode fechar um transfer para esse trajeto, mas nossa melhor recomendação é: alugue um carro em Campo Grande, siga o resto da sua viagem por Bonito nesse carro alugado e devolva-o no dia de saída de Campo Grande.

Os principais pontos turísticos de Bonito ficam bem distantes do centro da cidade, então não dá para fazer nenhum passeio a pé. Transporte público não é uma opção e táxi não é muito usado. Suas opções serão: transfer, carro privativo com motorista e carro alugado.

Não recomendamos o transfer: ele é um transporte compartilhado e você não terá flexibilidade. Os horários dos passeios já estão pré-estabelecidos, e talvez você perca um dia inteiro de deslocamento porque seu grupo vai fazer atividades diferentes da sua. Por que a melhor escolha é alugar um carro: conveniência, praticidade, liberdade. Você já sai do aeroporto com seu carro alugado e pode passar o tempo todinho com ele, fazendo seus passeios e explorando novos cantinhos se quiser.

VALE A PENA CONHECER BONITO

VEJA HOTÉIS & POUSADAS QUE INDICAMOS PARA VOCÊ EM BONITO.

Deixe-nos saber o que você pensa

* Campo obrigatório